Infográfico: Relações Públicas e Social Media em 2015

Fonte: The Creative Group survey of 400 marketing and advertising executives in the United States.
Infográfico retirado do artigo “Infographic: Who agencies will hire in 2015” do blog PR Week. Disponível em <www.prweek.com/article/1326998>

Com a aproximação da entrada no mercado de trabalho é essencial estar a par das competências mais requeridas a nível internacional. É visível que o trabalho em Social Media é cada vez mais importante para qualquer organização, o que se pode dever ao crescimento acelerado destas plataformas desde 2004 e à liberdade de expressão que as mesmas fornecem a qualquer indivíduo.

Em 2015, a importância destas plataformas será ainda maior e todos os profissionais de Relações Públicas têm que se adaptar à construção de relações baseadas em transparência, confiança e respeito através do diálogo e da partilha de conteúdos com as comunidades, que tornam a presença das organizações nos Social Media um factor de vantagem competitiva.

Fonte: Digital Information World. Disponível em <http://bit.ly/1APCsib&gt;

Relações Públicas e Comunicação Empresarial

Olá!

O meu nome é Madalena, tenho 20 anos e sou de Lisboa. Estudo Relações Públicas e Comunicação Empresarial na Escola Superior de Comunicação Social.

Afinal, o que são as Relações Públicas? Apesar de não existir uma definição consensual/ideal/única para este conceito, sabemos que esta inclui termos como comunicação, informação, planeamento, estratégia, relacionamento, públicos, pessoas, gestão, antecipação e até, como Wilcox referiu em 1978, “arte” e “ciência social”.

Actualmente as organizações operam num ambiente complexo, exigente, acelerado e inconstante, orientado por relações sociais, pela mudança e pela globalização. Para sobreviver, têm que acompanhar as mudanças, reagir e responder às pressões externas, as relações públicas surgem como forma de harmonizar e adaptar a organização a este ambiente através da gestão da sua relação de comunicação com os públicos.

Face a esta realidade, em que o tempo passa cada vez mais rápido, é necessário que um profissional de comunicação esteja atento ao ambiente, para o monitorizar, recolher informações e analisá-las, tendo em conta que todas as informações podem ser valiosas.

Por este motivo, há que fazer um zapping* pela actualidade, pela realidade e pelo ambiente, para que se esteja sempre atento e se recolham todo o tipo de informações importantes diariamente. Como estudante desta área, escreverei sobre a realidade das relações públicas e a minha interpretação da mesma, fazendo como que um diário de observações.

*Zapping: “to go somewhere or do something quickly”. (Cambridge dictionaries online)